Alunos do curso de pedreiro do Sindicato da Construção serão diplomados neste sábado

Milton Costa, presidente do Sinticompi, acompanhando aula prática dos alunos de pedreiroUm grupo de alunos do curso de pedreiro ministrado pelo Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção e do Mobiliário de Piracicaba (Sinticompi) receberão o diploma de conclusão neste sábado, 29 de junho, em solenidade marcada para as 9 horas, no auditório do Museu da Água, localizado na avenida Beira Rio, 448. Ao todo, 19 alunos estarão recebendo o certificado do curso, fruto de uma parceria com a Associação das Construtoras de Piracicaba (Ascopi) e o Semae (Serviço Municipal de Água e Esgoto), que foi iniciado no dia 17 de junho, tendo um total de 80 horas/aulas teóricas e práticas.

Os alunos receberão o certificado que terá assinatura do presidente do Semae, José Rubens Françoso; do presidente do Sinticompi, Milton Costa; do presidente da Associação das Construtoras de Piracicaba (Ascopi), Ricardo Kraide, e do professor Anízio Silva dos Santos, além de kit completo de material para pedreiro, que estarão sendo doados pelo Semae, e que conta desde alicates, carriola, colher de pedreiro, desempenadeira, mangueira de nível, régua de alumínio, prumo completo, arco de serra, aplicador para tubo de silicone, bloco de espuma, trincheira, enfim, um total de 20 itens.

O presidente do Sinticompi, Milton Costa, destaca a importância da qualificação para atuar no segmento da construção civil, assim como ressalta a necessidade de o trabalhador ter o respaldo do sindicato, tanto para garantir respeito aos seus direitos como às normas de saúde e segurança. Milton Costa conta que os kits que o Semae estará doando é fruto de uma contrapartida da autarquia para um empréstimo contraído para a ampliação da estação de tratamento de água do Capim Fino, sendo uma exigência da Caixa Econômica Federal.

O professor Anízio, com experiência de mais de 25 anos no setor, conta que os alunos tiveram aula sempre aos sábados, sendo as teóricas no Sinticompi e as práticas em canteiros de obras, inclusive participaram da reforma de parte da unidade de saúde do Jardim Jupiá. “Os alunos aprenderam desde a análise do terreno até a entrega das chaves, passando pelas obrigações eminentes das diversas fases até as questões relacionadas à segurança em uma obra”, conta.

Vanderlei Zampaulo – MTb-20.124