Comitê de Segurança na construção civil debate acidentes com andaimes

O Comitê Permanente Regional sobre Condições e Meio Ambiente do Trabalho na Indústria da Construção de Piracicaba (CPR) discute nesta manhã de sexta-feira, 18 de agosto, “Casos de acidentes em andaimes” e “Exigências para locação de máquinas e equipamentos utilizados na construção civil”. O evento acontece na Fundação Municipal de Ensino de Piracicaba (Fumep) – avenida Monsenhor Martinho Salgot, 560, bairro Areião – bloco da pós-graduação (sala 2), a partir das 9 horas, e será marcado por palestras do  técnico de segurança Marco Rister, do Cerest, e pelo gerente do Ministério do Trabalho Antenor Varolla.

Marco Rister falará sobre “Acidentes em andaimes”, enquanto que o gerente do Trabalho, Antenor Varolla, abordará “Exigência mínimas de segurança e saúde do trabalho para empresas locadoras de máquinas, equipamentos e ferramentas”. De acordo com presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção e do Mobiliário de Piracicaba (Sinticompi), Milton Costa, o objetivo é debater estes temas e, a partir disso, buscar desenvolver ações e iniciativas visando combater situações que possam provocar acidentes de trabalho no setor.

O CPR é coordenado por  Marcelo Marques, que representa a Ascopi (Associação das Construtoras de Piracicaba) no Comitê, que atua de forma tripartite, com a participação de representantes dos trabalhadores, empresários, poder público, como o Cerest (Centro de Referência em Saúde do Trabalhador) e Ministério do Trabalho, e também das escolas técnicas. Em Piracicaba, o CPR foi  criado em agosto de 2003, e sendo vinculado ao Comitê Permanente Regional – Estadual. O comitê tem reunião mensal e promove  palestras e debates  para discutir medidas e normas voltadas a ampliar a segurança no setor da construção civil.

Vanderlei Zampaulo – MTb-20.124