Milton Costa é reeleito presidente do Conselho Municipal de Saúde

27-02-19-Milton Costa, ao centro, durante reunião em que foi reeleito presidente do Conselho Municipal de SaúdeMilton Costa foi reeleito, na noite desta última terça-feira, 26 de fevereiro, para continuar na presidência do Conselho Municipal de Saúde, durante reunião ordinária do órgão, realizada no prédio anexo da Câmara de Vereadores de Piracicaba. Milton Costa é presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção e do Mobiliário de Piracicaba (Sinticompi) e segundo vice-presidente do Conselho das Entidades Sindicais de Piracicaba (Conespi), entidade que representa cerca de 200 mil trabalhadores da ativa e aposentados.

O líder sindical já vinha presidindo o Conselho Municipal de Saúde desde 27 de junho de 2017. Na presidência do Conselho, Milton Costa destaca que o seu objetivo, juntamente com os demais conselheiros, é dar continuidade ao trabalho de ampliação da transparência em relação às obrigações do Conselho e o fortalecimento das Comissões Locais de Saúde. “Queremos que o conselho continue sendo atuante e ajude a sociedade, com melhorias constantes no atendimento à população, tanto no atendimento primário como secundário e terciário”, ressalta.

Nestes quase dois anos à frente do Conselho, Milton Costa destaca ainda implantação e desenvolvimento do programa “Quem Usa Cuida!”, como um grande avanço, inclusive com a reforma de parte da unidade de saúde do Jardim Jupiá e de parte das instalações elétricas da UPA Vila Cristina. “Com certeza, é uma ação voltada a melhorar a relação entre os usuários, gestores e os funcionários da rede, que pretendemos manter”, conta. As diretrizes da saúde de Piracicaba serão debatidas e tiradas na Conferência Municipal de Saúde, marcada para os dias 3 e 14 de abril, no Centro Cívico.

Em Piracicaba, o Conselho Municipal de Saúde foi criado pela Lei Municipal 3.305, de dois de julho de 1991, e tem como função discutir, elaborar e aprovar propostas de operacionalização das diretrizes aprovadas pela conferência municipal de saúde, além de atuar na formulação, fiscalização e monitorar a execução da política de saúde no município, incentivar a criação, acompanhar as ações das Comissões Locais de Saúde, assim como analisar, discutir e aprovar o relatório de gestão, com a prestação de contas e informações financeiras. O Conselho Municipal de Saúde tem composição paritária e tripartite com representação de usuários prestadores de serviços, setor governamental, universidades e trabalhadores de saúde.

Vanderlei Zampaulo – MTb-20.124