Sindicato da Construção, Prefeitura e empresários firmam parceria para fazer pequenas reformas em unidades de saúde

O Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção e do Mobiliário de Piracicaba (Sinticompi), a Prefeitura de Piracicaba, a Associação das Construtoras de Piracicaba (Ascopi) e a Associação das Olarias e Cerâmicas Vermelhas de Piracicaba (Assocerv) firmaram parceria para a realização de pequenas reformas em unidades de saúde do município. O lançamento oficial desta parceria, que faz parte do projeto “Quem Usa Cuida!”, iniciativa do presidente do Sinticompi e do Conselho Municipal de Saúde, Milton Costa, acontece neste sábado, às 8h30, na Unidade Básica de Saúde do Jardim Jupiá, localizada na rua João Eudóxio da Silva, s/n.

De acordo com Milton Costa, nesta parceria, o Sinticompi entrará com a mão-de-obra dos alunos do curso de pedreiro da entidade, enquanto que a Prefeitura, assim como a Ascopi e a Assocerv com doação de materiais. “Queremos ajudar o município a resolver pequenos problemas de reparos na unidade de saúde. Há algum tempo, vínhamos debatendo esta possibilidade com o secretário municipal de Saúde, Pedro Mello, que encampou a nossa proposta”, conta.

O prefeito Barjas Negri também aprovou a iniciativa que vai contribuir para ajudar a resolver um gargalo da Prefeitura. Em encontro com os envolvidos no projeto, no início do mês passado, de acordo com o chefe do executivo, hoje, por falta de mão de obra própria e pelos obstáculos em realizar a terceirização deste tipo de serviço, a Prefeitura tem encontrado muita dificuldade quando precisa de serviços como obras de pequenos reparos em reboco, troca de lâmpadas, maçanetas de portas, até portas, tomadas, reparos em pintura, reparo no sistema de descarga, limpeza de caixas d´água, enfim, pequenos reparos que são fundamentais para o bom funcionamento do próprio municipal.

Para Milton Costa, a realização destes pequenos reparos também é uma grande oportunidade para que alunos do curso de pedreiro do Sinticompi possam colocar a mão na massa e aprender ou ampliar seus conhecimentos na prática. “Sem dúvida, a realização destes reparos será uma aula prática, que ajudará o aluno a aprender um pouco mais, e a nossa sociedade por passar a ter uma unidade de saúde em melhores condições para ser atendida”, completa.

Vanderlei Zampaulo – MTb-20.124