Trabalhadores da construção civil foram homenageados pela Câmara de Vereadores

Um grupo de trabalhadores da construção civil, integrantes de uma categoria que faz de Piracicaba referência no país, foi homenageado pela Câmara de Vereadores de Piracicaba, na noite da última sexta-feira, 27 de outubro. A homenagem, iniciativa do vereador Gilmar Rotta (MDB), fez parte das comemorações do Dia do Trabalhador da Construção Civil.

Os diplomas de reconhecimento de mérito foram entregues a Zeiliano Dias do Carmo (Metta Construções); Emílio Silva Carvalho (ACM); Florisvaldo Gerônimo Pinto (Construcione); Mário Rodrigues dos Santos (Energel); José Adilson dos Santos da Silva (Pollo Engenharia); Daniel dos Santos Reis (Vitta Residencial); Carlos César Padoveze (Embraplan) e Rafaela Faganello Defavari (MRV), escolhidos pela sua liderança e excelente atuação no setor. “São trabalhadores que fazem o país crescer, que ficam debaixo de sol e chuva erguendo as nossas moradias, construindo os sonhos de todos nós. Vocês representam toda uma categoria, que acorda às 5h da manhã e vai ao trabalho disposta e feliz. Nada mais justo do que a Câmara valorizá-los”, disse Gilmar Rotta aos homenageados.

Na solenidade, Gilmar Rotta também fez menção às conquistas de Milton Costa como presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção e do Mobiliário de Piracicaba. ”Quando o Milton assumiu, sei o quanto atuou na defesa dos trabalhadores, as brigas que teve com os construtores. E quem venceu foi o trabalhador, com ações que também beneficiaram as empresas, como a diminuição dos acidentes”, lembrou o vereador.

Milton Costa, junto com Edson Batista dos Santos, também foi homenageado por Gilmar Rotta durante a solenidade. Os dois receberam voto de congratulações em virtude da posse, respectivamente, como membro da diretoria e como vice-presidente da Federação dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção e do Mobiliário no Estado de São Paulo (Feticom-SP). “Isso é motivo de muito orgulho para nós, pois são poucos os sindicatos com representantes na federação; vindos de cidade do interior são pouquíssimos. E Piracicaba merecidamente tem duas pessoas representando a categoria”, salientou Gilmar Rotta.

Milton Costa, que falou em nome dos homenageados, citou que, em 20 anos no sindicato de Piracicaba, viu o número de associados saltar de 300 para 8 mil. ”Tenho compromisso com minha categoria; hoje, o maior salário do Brasil no ramo é em Piracicaba, porque o trabalhador entendeu o que queríamos e reconheceu nosso trabalho.”

O presidente do sindicato destacou as conquistas da entidade para os associados, como a escola de alfabetização, desde 2012, voltada a trabalhadores que são liberados por seus empregadores uma hora antes do término da jornada de serviço. Uma vez concluído o curso, eles depois seguem para a qualificação profissional. “Fomos criando caminhos e oportunidades. Podemos escolher que tipo de gente queremos ser”, enfatizou Milton Costa, ponderando que também cabe ao Poder Público a oferta de qualificação. “Cadê os cursos gratuitos, as possibilidades? Hoje quem banca os cursos é o sindicato”, observou.

Milton Costa enfatizou a importância da homenagem concedida pela Câmara (“Nada mais justo que o reconhecimento em vida”) e elogiou a gestão de Gilmar Rotta no comando da Casa. “Pessoa ímpar, sem nenhum ranço, que tem feito a Câmara dar exemplo em transparência”, disse o dirigente, incentivando a participação popular nas “questões políticas da cidade”.

 

 

O presidente do sindicato chamou a atenção, ainda, para o piso da categoria em Piracicaba, acima de outras na cidade e o maior da construção civil no Brasil, e para o conjunto de direitos conquistados, como a participação nos resultados das empresas. “Hoje não temos vergonha: temos a roupa suja mas as mãos limpas. Esperem de nós trabalho árduo e transparente, pois conseguimos chegar aonde merecemos chegar.”

Edson Batista dos Santos agradeceu à Câmara a homenagem prestada a trabalhadores “muitas vezes esquecidos” e observou que os profissionais da categoria serão prejudicados com possíveis mudanças na Previdência Social. ”Muitas vezes nossos comandantes acham que se pode aposentar com 80 anos, que dá para trabalhar nessa idade, mas sabemos o quanto é difícil o nosso dia a dia”. “Nos últimos anos, tivemos uma sinergia muito grande com o sindicato e o Cerest. Piracicaba é referência em segurança na construção civil, tanto nos procedimentos e na segurança quanto na seriedade na contratação dos trabalhadores”, comentou Marcelo Marques, que representou a Associação das Construtoras de Piracicaba na solenidade.

José Cione Filho, da construtora Construcione, declarou que a homenagem proposta por Gilmar Rotta, realizada pelo segundo ano seguido na Câmara, “é muito importante para o desenvolvimento da construção civil. “O que mais me orgulho é de, nesses 30 anos da empresa, nunca termos tido um acidente grave com funcionários, que hoje são quase 1.000″, afirmou.

Membro do Conselho Municipal de Saúde, Anísio Silva também prestigiou a solenidade.

 

Vanderlei Zampaulo – MTb-20.124, com informações da Câmara de Vereadores de Piracicaba30-09-19-Grupo de trabalhadores homenageados posa para foto com autoridades que prestigiaram a solenidade